Banners

segunda-feira, 26 de maio de 2014

DICA DA QUANTA – PRÍNCIPE VALETE de AL FOSTER

O lendário quadrinista AL FOSTER publicou em um sábado, dia 13 de fevereiro de 1937 a primeira tira de PRINCE VALIANT, o trabalho que marcou sua vida artística, e com certeza uma das histórias em quadrinhos mais importantes e clássicas de todos os tempos. Foster desenhou a tira de Tarzan por muitos anos, mas sempre quis ter seu próprio personagem. Apaixonado pelos contos arturianos, ele criou uma tira chamada Derek, Son of Thane, que mais tarde mudou para Prince Arn, mas foi Joseph Connelly, da King Features Syndicate quem batizou o personagem como Prince Valiant.

A princípio, as tiras eram de meia página, só a partir da tira 16 ela passou a ser de página inteira.

Foster desenhou seu personagem até 1971.. a tira de número 1.788 foi sua última. Mas, as aventuras de Valente continuaram com as artes de John Cullen Murphy (desenhou o personagem por 30 longos anos), Gray Morrow, Wally Wood, Gary Gianni (8 anos com o Príncipe Valente), Mark Schultz e Thomas Yeates.

Além do traço elegante, romântico e poético de Foster, eu ficava impressionado com a narrativa “literária” que ele usava.. Era uma espécie de livro ilustrado/ história em quadrinhos, com textos descritivos poéticos, e uma sensação de realidade que não conhecia nos quadrinhos até então. Você acreditava que aqueles fatos haviam ocorrido. Era tudo real. O andamento das histórias era cadenciado, tranquilo, sem a preocupação de que deveria haver ação o tempo todo... mesmo para uma tira de aventura. Você sentia o tempo passar... e não é à toa que essa é uma tira onde o personagem envelhece... A história começa com ele jovem, ele se torna escudeiro, cavaleiro... O personagem se casa com a bela Aleta.. tem filhos, netos... Enfim, uma história.
Muitos vão olhar esse material e achar datado.. Uma pena.

Príncipe Valente
Príncipe Valente - Al Foster
Dica - Príncipe Valente
Dica da Quanta - Príncipe Valente
Dica da Quanta - Al Foster
Dica da Quanta - Príncipe Valente de Al Foster

Nenhum comentário:

Postar um comentário