Banners

terça-feira, 26 de agosto de 2014

MARCELO COSTA

Há um tempo, seguindo o quadrinista Marcelo Costa pelo instagran, comecei a seguir uma brincadeira muito bacana do artista.. ele começou uma serie de artes focando em um de seus personagens favoritos, o Wolverine... A série é DAYLY WOLVERINE. Achei muito bacana... E uma das razões pra isso é ver que ele não tem vergonha de continuar gostando de coisas simples, coisas que influenciaram sua carreira.. como as boas e velhas histórias em quadrinhos de super-heróis. Neste mundo de autores de quadrinhos, percebo que muitos tentam se descolar de influências antigas, tentar dar uma ar “cool” e “adulto” e “sensível” ao seu trabalho... Nada de errado com isso, mas em muitos deles percebo um tipo de vergonha de admitir que suas carreiras começaram gostando de coisas populares como os famosos “xis-mein”... E o Marcelo (e também seu irmão Magno) nunca teve esse tipo de coisa. Aí entrei em contato com ele e o convidei pra gente fazer uma exposição aqui na Quanta com estas imagens... que retratam o personagem Wolverine sobre diversos aspectos.

Marcelo Costa nasceu no Paraná em 1977 e mora em São Paulo a 22 anos. É um dos autores do álbum "Oeste Vermelho" pela Editora Devir, com o selo da Quanta e também "Matinê", ambos em parceria com o irmão e também quadrinista Magno Costa. Venceu o Troféu HQ Mix na categoria Desenhista revelação. Em 2013 desenhou para a editora Americana Zenescope, lançou “Gazzara”, projeto gráfico de quadrinhos de Rafael Coutinho e publicou Oeste Vermelho e Matinê na Argentina. Em 2013 venceu o edital PROAC do governo de São Paulo com a história em quadrinhos "Segundo Tempo", com o Roterista Alex Mir previsto para lançamento no final de 2014. Em 2013 coloriu "A Vida de Jonas", de Magno Costa. Publicou também as hqs independentes “2028” e “Matinê Vol.2”.

A gente fez uma pequena entrevista com ele sobre esse trabalho chamado DAYLY WOLVERINE, exposição que terá abertura aqui na Quanta Academia de Artes no dia 13 de SETEMBRO.


QUANTA - Desde quando você conhece o personagem? Lembra a primeira vez que viu a imagem dele ou leu uma história?

MARCELO COSTA - Desde os 7 anos de idade, por volta de 1985 ou 86 no Paraná. Não tenho uma lembrança certa da primeira vez que vi o Wolverine. Foram pequenos momentos que me conquistaram, já que ele não era o personagem principal na época. 

QUANTA - Você se lembra de alguma história ou momento de uma história onde você percebeu que ele era um de seus personagens do gênero super-herói preferido? Lembra de quando deu o “estalo”... “porra... eu gosto desse personagem!”

MARCELO COSTA - Comecei a acompanha na época Dave Cocrum, com a Fenix, a Ninhada entre outras histórias incríveis. Foi em uma das lutas com os sentinelas, onde ele saltava pra cima do robô sem ter medo da morte. E na guerra contra a ninhada, quando está infectado com um ovo dos alienígenas que pode transforma-lo em um deles, mas seu fator de cure impede a transformação. Momentos que ficaram na cabeça.

QUANTA - De onde veio essa ideia de produzir uma arte com o personagem todo dia?

MARCELO COSTA - Surgiu da vontade de desenhar todos os dias e praticar traços e estilos. Já queria fazer algo assim e precisava de uma ideia. Daí, juntei a vontade de desenhar com o amor pelo personagem.

QUANTA - Wolverine é um personagem muito visual, como todo super-herói, e cada artista dá sua própria visão do como acha que seria legal interpretá-lo graficamente... Tem algum artista que chegou a uma visão perfeita do personagem pra você?

MARCELO COSTA - É difícil dizer, pois tem muitos que fazem bem o Logan. Gosto muito do Wolverine peludo do John Byrne. Mas meu preferido é o mal encarado do Marc Silvestri.

QUANTA - Você brinca com estilos nessa galeria.. nessas mudanças a intenção é homenagear artistas específicos que já trabalharam com o personagem?

MARCELO COSTA - Na verdade, minha intenção foi homenagear fases do personagem. Não criei nenhum uniforme ou fiz momentos que não estivessem nas hqs.

QUANTA - O Wolverine é, talvez, o mutante mais popular da Marvel. E essa popularidade vem principalmente das versões do personagem em outras mídias... muito mais do que pelos quadrinhos. Você acha que a versão do cinema são respeitosas ao personagem? Você curte?

MARCELO COSTA - Por mais que eu goste dos primeiro filmes, "X-Men" e "X-Men 2" e tenha gostado do Wolverine,  eu devo dizer que não o aprovei por completo. Desde a altura do Hugh Jackman, da mudança do local de saída das garras, das garras em forma de facas ao invés de roliças como eram desenhadas no passado, até a personalidade humanizada demais. Mas gosto do Hugh Jackman como ator.

QUANTA - E na animação? Curtiu alguma versão do personagem?

MARCELO COSTA - Acho que só daquele desenho animado dos anos 90. O Wolverine era bem mal humorado e isso me agradava.

QUANTA - Você curte uniformes em super-heróis? Já chegou a criar sua própria galeria de super-heróis? Já criou a sua versão do Wolverine?

MARCELO COSTA - Curto sim. Uniformes são necessários pra separar os "super-heróis" das pessoas normais. Sim, já criei com meu irmão lá nos anos 80 uma galeria grande de super-heróis, bem bregas na verdade. Nunca criei um uniforme para o Wolverine, acho que eu não saberia o que fazer.

QUANTA - Agora algumas perguntas bobas mas que não dá pra não fazer... Se você fosse contratado para recriar o personagem... como ele seria visualmente?

MARCELO COSTA - Talvez algo mais puxado pro militar, coturno e calça com costuras. Braços de fora, com luvas sem dedos. Talvez com cores marrom e preto, mas se não desse certo, amarelo e preto mesmo. E manteria a mascara, que é o que matem o personagem cool.

QUANTA - E tem algum outro personagem que você curtiria fazer uma galeria como essa?

MARCELO COSTA - Personagem solo não, faria um X-Men por dia pra homenagear a equipe.

QUANTA - Wolverine bonitão e com 1m80cm ou baixinho e rolinha de poço?

MARCELO COSTA - Baixinho e peludo, sempre. 

QUANTA - Garras de adamantiun ou osso?

MARCELO COSTA - Adamantiun. Acho que garras de osso foi um grande erro de criação.

CONHEÇA MELHOR O TRABALHO DE MARCELO COSTA:
Marcelocostapro.blogspot.com.br/

Flickr.com/photos/marc-magno/
Facebook.com/marceloaparecidocosta








Nenhum comentário:

Postar um comentário