Banners

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Aprendendo a desenhar - Parte II

Por onde começar... Quando parar..

A maneira como decidimos construir nossos cursos parte de um princípio básico que, em um primeiro momento, assusta um pouco àqueles que nos procuram. Nosso curso tem a duração total de um ano letivo e funciona em sistema de módulos rotativos. O aluno pode entrar em qualquer momento do curso, em qualquer momento do ano, desde que seja no início de um dos módulos. Cada módulo é um tema, assunto ou matéria se desejar, diferente um do outro. E para nós, tanto faz em que módulo você entra... Só não permitimos que alguém ingresse em nosso curso no meio de um módulo. Assim, não acreditamos que exista um começo para o caminho do “estou aprendendo a desenhar”... Ou “aprendendo a pintar”. Não achamos que se é absolutamente necessário começar o estudo pelo tema anatomia, por exemplo... E nem achamos errado que este processo seja iniciado com o estudo de perspectiva, ou luz e sombra.

O ato de desenhar envolve a utilização de todos estes conhecimentos o tempo todo e ao mesmo tempo! Não se desenha anatomia sem que ela esteja em perspectiva! Sempre estamos vendo um objeto ou uma pessoa de um determinado ângulo ou altura, portanto, como observadores, quando estamos olhando tudo à nossa volta, estamos observando de uma determinada perspectiva... Quando estamos desenhando, também escolhemos como aquela cena deverá ser vista, portanto ela será observada de um determinado ângulo ou altura. Também é verdade, que não se desenha perspectiva sem a criação de formas, e as formas só existem porque a luz inside sobre elas, e isso é luz e sombra... Anatomia é desenhada da mesma maneira, porque corpo é forma, e só o observamos porque existe luz. Quando desenhamos um corpo humano, a maneira como as linhas que definem um braço, por exemplo, são mais finas ou grossas em determinados pontos deste braço. Estas linhas mais finas ou grossas estão justamente criando o volume deste braço, e o volume é percebido através de como a luz atinge esse braço... Linhas mais finas; quantidade maior de luz neste ponto específico do braço, linhas mais grossas; menor quantidade de luz... Maior quantidade de sombra.

Não importa como você inicia o processo do “estou aprendendo a desenhar”, porque ele é longo mesmo e tudo o que você vai aprender durante este tempo, será usado no ato de desenhar, pintar ou ilustrar qualquer coisa! Leva tempo. Existem muitas informações a serem apreendidas... E isso não é ruim! Para você entender cada um dos fundamentos do desenho, tem que entender todos. Novamente, você não entende anatomia sem perspectiva, luz e sombra e composição. E isso serve para todos os outros.

O que eu acho que as pessoas precisam abandonar é a noção de que estudar, de se aprofundar e dedicar a alguma coisa, e que isso leva tempo, seja ruim. Que o período de vida que você leva estudando é ruim. É chato. Não seja imediatista, ansioso, apressado. Não tente pular etapas. O processo do “aprendendo a desenhar”, o período de aprendizado, é muito interessante e importante, e ninguém consegue bons resultados sem passar por ele.

Esse é um dos pontos mais delicados para a Quanta... Fazer com que nossos alunos percebam isso! E estes são os pontos em que nossos cursos estão totalmente calcados: Calma. Paciência. Dedicação e confiança...

Sempre lembre do tempo em que o verbo aprender está colocado nessa frase “aprendendo a desenhar”. E isso nunca acaba. A gente nunca aprende o suficiente. Estamos sempre evoluindo e por isso nunca estamos suficientemente satisfeitos com nosso trabalho. Isso ocorre porque quando já aprendemos alguma coisa, já vimos o que é possível fazer e já percebemos que existem muitas outras etapas adiante de nós... Que precisaremos estudar e nos dedicar para chegar até essas etapas... E acontece que já sabemos de antemão, por experiências anteriores, que isso vai levar tempo, que ainda estamos “aprendendo a desenhar”.

“Então eu nunca vou aprender a desenhar?” Esta é a frase que muitos devem estar se colocando agora... Pois é... Nunca! É isso mesmo! Seu trabalho vai evoluir, vai melhorar se você tiver dedicação e paciência com certeza! Mas o verbo aprender neste tempo... Nunca vai mudar.

Continua...

Aprendendo a desenhar - Parte I
Aprendendo a desenhar - Parte III

MARCELO CAMPOS

Conheça o nosso CURSO DE DESENHO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário