Banners

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Como começar a escrever um livro – Parte 2

Mais um pequeno artigo dedicado aos interessados no assunto.

“A coisa mais difícil quando se escreve é saber o que escrever.” (Syd Field)

Escrever é um processo experimental. É uma aventura. É uma terapia. É uma ferramenta de auto-conhecimento e de interação com o mundo circundante. Escrever é enfrentar-se, colocar-se diante das próprias limitações e ilimitações. É um exercício de humildade. Também é um jogo de perguntar e responder!

Escrever é para qualquer um.

O dicionário é claro ao estabelecer: “Escritor: aquele que escreve”. Ou seja, por definição, qualquer indivíduo alfabetizado pode ser um escritor. Isso significa, necessariamente, que para ser um escritor deve-se partir do princípio que é preciso escrever bem? Que todo escritor deve (ou deveria) escrever bem? Claro que não.

Um BOM escritor não nasce pronto e acabado. Ele se constrói com o escrever. A leitura de bons textos e autores, a prática e o exercício regular da escrita, a disciplina e o estudo contínuo é que preparam, moldam, e aperfeiçoam o escritor.

Só se aprende a escrever escrevendo.

Assim como não se aprende a nadar lendo artigos de natação, ou a dirigir folheando revistas de automóveis, a prática e o exercício da escrita são imprescindíveis para seu aprendizado. Ter uma idéia é muito bonitinho. Conheço muitas pessoas que têm muitas idéias. Colocá-las no papel, contudo, é que o grande desafio.

Todo bom escritor é, antes, um bom leitor.

Eu sempre digo aos meus alunos que o que você lê se reflete no que você escreve. Ler bons autores, ler sobre assuntos diversos, ler como aprimoramento da ferramenta de trabalho, ler para aquisição de conhecimento, enfim, ler e escolher bem a leitura ajudará o aspirante a escritor e o escritor iniciante a atravessar mais tranquilamente a primeira fase de seu desenvolvimento profissional, por se tratar de uma fase bastante truculenta e controversa em vista da dificuldade primária a se enfrentar: por onde eu começo? Essa resposta vem mais facilmente quando o hábito da leitura é tido como ferramenta de aprendizado.

O escritor não fala sozinho.
Quem não quer dizer, não diz.
Ou seja, o silêncio nunca é uma resposta do escritor. Dizer o silêncio é.

Nenhum escritor produz um texto somente para ele.
Escrever não é um ato de egoísmo. É, ao contrário, uma doação.
Jamais conheci alguém que escrevesse para si mesmo. Mesmo aqueles que escrevem para suas gavetas, parecem, de fato, nutrir o secreto desejo de que alguém acidentalmente descubra suas criações a fim de livrá-lo (ou livrá-la) da obscuridade. Mesmo que a notoriedade seja entre 'os seus', ela é sempre bem vinda. Não há quem não adore alguém que escreva lindos poemas, longas cartas, ou redações "super bem construídas"...

A escrita é, antes de tudo, um registro.

Foi concebida para ser um registro, surge, historicamente, com essa função primária, e, neste sentido, o ato de escrever, de registrar, é um ato de contribuição. É um ato de construção. Por isso, ao escrever, o escritor está doando. Porque está emprestando sua impressão e sua expressão a um registro que o transcende.

Um escritor jamais pode alegar que não é possível exprimir, por meio da escrita, o que ele sente ou o que quer dizer.

A ferramenta é a linguagem, a matéria-prima, a palavra. O escritor DEVE saber fazer uso da ferramenta para trabalhar a matéria-prima e o resultado é a produção eficiente da MENSAGEM.

Qualquer escritor pode desenvolver um bom texto? SIM.

Qualidade independe de talento.

Talento é um DOM. É uma capacidade inata. Você nasce com ela, ou não.
Qualidade é um OBJETIVO. É resultado de um processo.

Como produzir um bom texto independentemente do talento?
Conhecendo a matéria-prima e sabendo fazer bom uso da ferramenta. Em outras palavras: dominando a TÉCNICA (técnica: conjunto de procedimentos ligados a uma arte ou ciência; destreza, perícia em ação ou movimento).

Então existe técnica para se escrever um bom texto?
É claro que sim!

Como começar as escrver um livro - Parte 1

MARCELA GODOY

71 comentários:

  1. Nossa realmente, eu adorei essa matéria, eu sempre quis escrever um livro, na verdade já até comecei um livro, só que acho que amadureci os pensamentos e decidi começar outro, eu sou novo, por isso não tenho ainda muito conhecimento literário, só que adoro escrever, adoro a aula de redação, mesmo a professora as vezes ser um pé no $%¨¨&* eu não consigo ficar de mau dela, só por causa que ela ensina bem e adoro ler passo o recreio na biblioteca, com os livros.
    acabei de achar esse "site" estou esperando mais postagens sobre escrita..... muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. eu gostei muito deste artigo, adoro escrever como terapia apenas nunca consigo terminar meus pequenos livros agora estou tendo ideias para começar a fazer o meu terceiro livro.
    Tenho apenas 16 anos, acredito que fazer um livro ñ seja somente para expor numa prateleira de uma livraria ou biblioteca mas um treino e exercicio de relaxamento em que mente borbulhe de ideias mesmo que seja facil possamos transcreve-la pra uma folha de papel.
    Espero que ñ demore para postar mais artigos sobre a escrita.
    Ateciosamente,

    Adriane Mennezes

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Tenho 15 anos, tenho muitas histórias sem fim...
    Lendo os teus artigos eu me sinto provocada a continuar desenvolvendo minhas histórias até que elas tenham a vida delas. Sinto elas como pequenos fetos, desenvolvendo-se devagar e adquirindo suas próprias características até que estejam completas para existir sozinhas.
    Acho que li esse artigo com um ano de atrazo, mesmo assim ele me ajudou muito, então não pude sair sem deixar meus agradecimentos.

    ResponderExcluir
  5. ESTAREI MENTINDOSE NAO DISSER QUE ESTE ARTIGO
    NAO ME FOSSE DE ALGUMA VALIA...
    PORÉM ACHO QUE PODERIA SER MAIS APAIXONADO,
    PODERIA INCENDIAR A CENTELHA DA CRIATIVIDADE DE SEUS LEITORES...
    LAMENTO DIZER QUE AQUI SOBEJA PALAVRAS
    E FALTA SENTIMENTO.

    ResponderExcluir
  6. gostei muito desse artigo me deu muita ajuda, estou juntando idéias para escrever um livro, e também não é só assim estou pesquisando sobre o assunto que vou escrever, eu não gosto muito de português mais gosto de escrever e ponto a ponto estou através da leitura meiorando mais minha escrita.
    Eu queria mais opiniões e textos sobre o assunto que vou escrever "Meus Pensamentos Teóricos" esse é o tema do meu livro, vou deixar meu e-mail de contato cantoremersonlima2008@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo10:38 AM

    podem ajudar-me? eu sou nova, nao sei o que deveria saber para ser escritora e a maturidade e experiencia são essenciais para escrever. Eu adoro escrever e tenho tantas ideias mas quando começo... fico a abandonar e abandonar até que chego às 50 páginas e me canso. Volto a metê-la naquela pastinha no ambiente de trabalho e tenho outra ideia. É sempre o mesmo e eu quero, profundamente, escrever um livro até ao fim... para provar a mim mesma que tenho o que é preciso.
    Necessito que alguem me diga como fazer o interesse da historia perdurar até ao fim, para nao me cansar ou a quem a vai ler.

    ResponderExcluir
  9. TENHO VARIAS HISTORIAS PRA CONTAR ,SOBRE MIM ,ENTRE OUTRAS PESSOAS MAIS NAUM SEI como começar queria conhecer amigos que gosta-sem da miinha ideia de ser escritora mais quando falo pros meus amigos que quero escretver um livro eles riem de mim ...

    oq ue posso fazeer se eu quero isso pra mim naum tô nem aí se os outtros naum gostam do que eu quero ,mais o que eu quero mesmo é escrever ...e tudo mais ...(risos)

    ResponderExcluir
  10. Anônimo11:08 PM

    parabéns pelos artigos!! Um conselho para aqueles que pensam em escrever... li recentemente um livro chamado "Você Já Pensou em Escrever um Livro ?", da autora Sônia Belloto, muito interessante, tenho certeza que vai ajudar muito os iniciantes.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo1:57 PM

    bem,eu sou o duval escrevo poemas,e tambem comecei a escrever uma estoria,tenho tido algumas dificuldades em esreve-lo,mas com estas esplicaçoes já percebi o porque das minhas dificuldades.Ainda preciso de ler muito mas aqui em Angola tem poucas bibliotecas,o que se torna muito dificil para mim,mas eu nao cruzo os meus braços peço emprestado livros aos meus colegas,e quando tenho alguns trocados em minhas maos compro livros,pois aqui os livros sao caros,um bom livro pode chegar a custar 50 doláres mas mesmo assim compro para poder aperfeiçoar os meus conhecimentos sobre a literatura,isso porque eu acredito em meus sonhos,e sei que conseguirei ser um bom escritor.....

    ResponderExcluir
  12. Prof. Nogueira1:06 AM

    Na realidade são mais do que dicas. São gotas de incentivo. Valeu a pena navegar até mais tarde.
    Não sei se estou correto. O que penso é que escrever não deve ser encarado como uma obrigatoriedade, mas como um momento de prazer e satisfação, ou seja, de forma divertida, sem deixar a seriedade de lado.
    Vlw...abçs.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo10:13 AM

    Existe tecnicas para redigir um bom livro, quais são.

    alexandrosky@yahoo.com.br

    Obrigado, aguardo respostas.

    ResponderExcluir
  14. Eu achei a materia muito interessante e me identifiquei com muitos dos comentários. Tenho muitas idéias, tenho 15 anos e as vezes terminar o que comecei parece dificil.
    Tenho duas historias em mente, uma mais adolescente e a outra mais louca( extra terrestres, 5 elementos e novas galaxias. Tenho problemas com essa porque é uma historia longa e complicada. O que eu faço? Tah dificil de começar.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo10:26 AM

    Desde sempre amei ler e agora acho que posso entrar na grande aventura de dividir com outras pessoas coisas do cotidiano,meus pensamentos.Achei os artigos de grande valia,claros e esclarecedores.Penso, que como todas as coisas não deve ter com certeza,uma receita...

    ResponderExcluir
  16. Anônimo6:20 PM

    Adorei os artigos, para mim já são como textos de livro. Sempre tive vontade de escrever um livro mas nunca tentei, porque achava q escrever livros era para alguém muito culto e inteligente. Mas vejo q qualquer um pode tentar, depois q li os artigos. Difícil mesmo é começar, porque não sei de que assunto falar. De uma coisa sei, não quero escrever baboseiras sem pé nem cabeça para alguém ler, mas algo instrutivo, inteligente, e ao mesmo tempo, algo q retrate a simplicidade e a pureza das coisas do cotidiano. Embora saiba que o melhor caminho é o da leitura de todo tipo de texto, gostaria que me desse uma luz. Posso contar com você? Meu e-mail é marciacbjorge@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Anônimo7:45 PM

    Gente, o povo ai de cima pega pesado. Não adianta dizer que 'SOBEJA PALAVRAS
    E FALTA SENTIMENTO', se você não teve a feliz idéia de tentar incluir um pouco que seja de suas palavras, mesmo que pra você não tenha tido um pouco de sentimento,nem que seja pra dizer tente sem medo de erra, é errando que agente aprende. Por favor não ...

    ResponderExcluir
  18. Eu não quero me tornar um escritor, busco apenas base para começar a pensar se sou capaz de escrever um livro com narrativa dos meus conhecimentos adquiridos ao longo de 20 anos de experiência para compartilhar com os profissionais da minha área.
    Seu texto ajudou muito!
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  19. Ana Leticia9:54 AM

    Adorei esse site!
    Quero escrever um livro tenho várias ideias, vários temas para falar mas o problema é que não sei como começar.
    Se puder me ajudar aqui esta meu e-mail:
    anaa_leticiaa@hotmail.com

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  20. Anônimo6:47 PM

    Olá tudo bem?
    eu gosto muito de ler, e gostaria de escrever um livro, mas não sei bem como começar, e gostaria de pedir a sua ajuda. quando eu leio um livro me sinto como se fosse o personegem como se eu entro dentro do livro, entende, gosto muito de ler então eu sempre pesquiso como fazer um livro, e adorei as dicas, achei muito legal e interessante você escrever elas porque nos que gostariamos de escrever um livro podemos conseguir com essas dicas, como você mesmo disse uma doação para ajudar, eu ja cheguei a ler livros que atraves deles me ajudou em minha vida pessoal, e tenho um desejo enorme de escrever um livro, e gostaria muito que você me ajudase eu a escrever um livro.

    Meu nome é kerolin e tenho 14 anos. E gostaria que você me ajudase ficaria muito agradecida.

    SE aceitar está aqui a meu email:orkut: kerolyn_cds@hotmail.com e meu msn:kerolyn_g@hotmail.com

    ResponderExcluir
  21. Anônimo12:20 PM

    jennifer caldeira
    Sempre quis escrever um livro, antes era autobiográfico, mas agora tô pensando em algo como crônicas.

    ResponderExcluir
  22. Oi, como vai?

    Eu sempre adorei escrever, escrevo desde pequena, de tudo um pouco.
    Poesias, redações.
    Tenho muitas historias no meu computador que não tem meio nem fim, era um problema que eu tinha, sempre que começava a escrever eu parava no final.
    Mas agora eu resolvi mudar isso.
    Comecei a escrever um final do ano passado,já modifiquei ele inumeras vezes, eu queria que ficasse perfeito sabe como é.
    Mas meu ú nico problema é os diálogos, mas estou tentando resolver isso.
    Obrigada pelas dicas.

    se pude me adicionar no e mail eu agradeço, assim poderei te perguntar umas coisinhas

    thalita_ccb@yahoo.com

    ResponderExcluir
  23. Anônimo6:02 PM

    amei a matéria eu quero ser escritora no futuro e escrever bons livros e isso ajudou obrigada.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo6:00 PM

    Otimas dicas que eu pude ter aqui. obrigada!!

    ResponderExcluir
  25. Anônimo11:43 PM

    muito boa sua sugestão,na verdade eu gostaria de escrever algo que eu me expressasse..dizee quem sou ... ou oqu eacho de tudo..por exempolo: "TÁ "TUDO ERRADO" seria incilamente o titulo deu um livro que eu e gostaria de ewscrver.. mas eis oproblema..raa como começar de fato??

    ResponderExcluir
  26. lianne05lopes@yahoo.com.br11:45 PM

    gostei muito de sua forma de ajudar, mas i aindame sintoinsegura..abraçoss

    ResponderExcluir
  27. Anônimo3:45 PM

    eu tenho 15 anos, comecei a ler com 13 anos de idade, desde então decide que queria escrever um livro, mas acho que sou muito nova, mesmo assim eu comecei a escrever um pequeno livro e agora com essas dicas posso entender o verdadeiro significado de escritor,um escritor não precisa ter idade suficiente qualquer pessoa pode ser um escritor, por isso eu agradeço a você por me fazer descubrir isso. Uma coisa que voce falou no seu artigo que eu achei super interessante, todo escretor nunca escreve para si mesmo, e voce tem a total razão, eu sempre escrevi meus pensamentos, mesmo quando não tinha começado a ler livros e nem ter começado a querer ler,com a inteção que alguém leia por isso eu tomava cuidado com o vocabulário e a gramática.Nossa... Muito abrigado! Beijos

    ResponderExcluir
  28. Eu sou bom em fazer redações, mas sempre que tento escrever um livro parece que não sai direito. Eu tenho muitas ideias, mas como o texto diz, o dificil é colocar no papel. Eu gosto mto de jogos e de livros de aventura, então eu me inspiro mto a escrever livros com tema de Ação/Aventura/Fantasia.
    Vou ver se consigo escrever meu livro ;D
    Té +

    ResponderExcluir
  29. Este segundo post sobre como escrever um livro está muito bom. Parabéns!

    ResponderExcluir
  30. Anônimo10:38 PM

    Primeiramente olá a tds q compartilharam conhecimentos sobre "o escrever" e q deixaram suas dúvidas e conselhos.
    Bom, escrevo a um tempo, trabalho com artigos científicos na vdd, porém escrevo como "hobby" uma história fictícia baseada até msm em minha história d vida assistindo a animes japoneses q sempre envolvem guerreiros dotados d poderes mágicos e q tem enredos mirabolantes e q instigam o pensamento de seus fiéis fãs por td mundo, entretanto associo a escritores q tbm fizeram e fazem parte d meu cotidiano com a leitura e desta forma tento reunir td e englobar as minhas idéias e assim coloca-las no meu livro.
    A dica q dou éh q escrevam sem medo, porém sejam críticos com vcs msms, tentem ao máximo a escrita correta e certifiquem q a trama seja sempre coerente com tds os fatos e claro smepre leiam muito, independente d ser artigos, livros, revistas e em fim, leiam.

    Por fim, agradeço o espaço e ao post sobre esse tema, espero tbm ter ajudado um pouko, naum sou expert no assunto, entretanto tenho certa experiência com a escrita e em formular textos.
    Grato.

    ResponderExcluir
  31. Anônimo2:29 AM

    Quando que vai ter o artigo tres?
    eu estou adorando :P

    ResponderExcluir
  32. Legal este artigo também!!!
    Concordo plenamente, novamente! :)
    Como disse no outro comentário, estou começando a escrever o meu primeiro livro e andei pesquisando bastante. Já estou com mais ou menos um quarto do livro escrito e resolvi contar essa experiência de escrever um livro em um blog. Inclusive tem algumas respostas (minhas) para algumas perguntas que apareceram aqui nos comentários. :)

    http://doresedeliciasdeescrever.blogspot.com

    Até!

    ResponderExcluir
  33. Muito bom esse artigo!
    Objetivo e responde à perguntas de muitos inciantes, simpatizantes e interessados em escrever seu primeiro livro, bem como atualizar-se!

    ResponderExcluir
  34. Mara Pires4:14 PM

    Tenho 50 anos sou advogada, mas estou parando de exercer minha profissão, por falta de oportunidade.
    Por mais que possam alguns pensarem que uma pessoa com 17 anos de profissão e ainda um curso de pós-graduação deveria ser disputada no mercado,ocorre o contrário. O Mercado prefere profissionais récem-formados para que possam adequá-los a forma que a empresa ou escritório deseja.
    Bom, gostaria imensamente de escrever um livro sobre minha vida, mas assim como os demais não sei como começar. Também não sei como devo me referir a mim, tipo contando a história ou dizendo tuso na primeira pessoa do singular.
    Digo ou fiz ou ela fez?
    Por favor me ajude.
    Quero escrever porque gosto muito de ler e acho que poderia me sair bem, mas não tenho condições financeiras para fazer algum curso.
    E gostaria de poder publicá-lo, quem sabe, além de fazer um trabalho que poderia me dar prazer e quem sabe ajudar alguem e ainda estar resolvendo em parte meu problema financeiro o qual está muito difícil.
    Se vc puder me responder, ficarei imensamente grata.
    e-mail: mara.advogada@hotmail.com

    ResponderExcluir
  35. Anônimo2:46 PM

    acabei de começar a escrever meu segundo livro...e vinha mente transborda de idéias ... gosto muito de escrever porque eu quero,um dia,publicar os meus livros e trazer a mesma ãnsia e prazer pelo conhecimento e vivacidade de cada página.
    adorei o artigo...tenho 14 anos e o que mais gosto de fazer é ler...é como caminhar pelo desconhecido,sobre um abismo, ao mesmo tempo em que se está com os pés no chão... é tão mágico e viciante,que acho que esse é um dos motivos,além é claro do fato de com a ignorãncia as pessoas serem mais facilmente dominadas, da Igreja católica ter aprisionado o conhecimento de livros tão magníficos entre paredes e sobre mesas e prateleiras resguardadas pela poeira... mas tenho que adimitir que mesmo com a revolução do conhecimento em nossa sociedade...ela permanece ignorante...permanece com a imagem de que um livro é apenas para enfeitar uma prateleira... não consegue enxergar que com um bom livro não se perde tempo...um livro nos torna mais humanos, nos proporciona um turbilhão de sentimentos inimaginaveis,um livro é a porta para a vida...para o conhecimento que perdura e transbborda atraves das páginas...
    É por isso que eu lhe agrdeço por com suas palavras refletir sobre esse bem tão precioso a que temos e muitas vezes não damos valor.
    susi

    ResponderExcluir
  36. WELTON BARROS9:46 AM

    MUITO BOM ,ALIÁS VOU AGORA PARA O COMPUTADOR
    ESCREVER MAIS. VALEU

    ResponderExcluir
  37. Anônimo12:39 AM

    Estou tentando escrever um livro tenho tantas ideias que nao consigo me concentrar em apenas uma para escrever o livro... Estou bastante indecisa mas AMEI esse artigo e ele me ajudou bastante, as vezes fico ate de madrugada tentando escrever algo, ate que fica bom mas ai no outro dia eu olho novamente e apago tudo pq eu acho que nao esta bom... Vou tentar me concentrar mais agora!
    O Artigo e muito bom!
    Obrigada, Giovana Bosso!

    ResponderExcluir
  38. ryalla batista de souza9:44 PM

    nossa que lugar otimo vc criou para nos escritores tirarmos nossas duvidas.tenho apenas 14 anos e acho q escrever pode ser a qualquer idade,minha historia ja tem 130 paginas no caderno,quero mais ou menos umas 300 .o nome do meu livro e "ryalla cullevan o resgate do segundo herdeiro"

    passa no meu msn pra mim da umas dicas a mais s vc puder ryalla70@hotmail.com

    ResponderExcluir
  39. Anônimo7:22 PM

    Nossa eu gostei muito da postagem que vc fez.
    Aqui vc pode tirar dúvida de quem quer ser escritores, eu praticamente amo ler e escrever por isso eu sempre quis fazer um livro eu por exemplo eu já fiz muitas histórias mais eram pequenas.
    Agora eu quero fazer um maior mais ou menos 250 ou 300. por isso continue sempre assim.

    ResponderExcluir
  40. Anônimo2:50 PM

    Isso é muito bom. Eu sempre gostei de escrever, criar histórias, ter ideias. Mas quando vou colocar essas ideias no papel, pareçe ser um grande desafio. Li essas postagens e isso fez com que eu continuasse a escrever. Acabei de começar um história, e essas dicas são essenciais para um iniciante como eu. Obrigada, mesmo.

    ResponderExcluir
  41. Passei a minha vida inteira, sonhando com o dom das letras que me faziam viajar por mundos desconhecidos, tanto que me tornei uma sonhadora compulsiva. Vivo de sonho em sonho, cada sonho conquistado, nasce um borbulhante sonho novo!!! Nas minhas buscas para descobrir os gritos deste meu coraçãozinho "velhocente", das tantas portas que abri, a que mais me inspirou foi escrever... sobre tudo, do nada ... a mágia do embaralhar e desembaralhar letras, que em minhas mãos si tornão pequenos principes locutores das histórias mais absurdos e ao mesmo tempo reais. Tudo para mim começa e termina entre parágrafos e pontos e muitas vezes "aspas", para descrever o indescritivel !!! Eu amooooooo escrever ... mais me sinto assim , tão perdida como meus versos, e nesta minha loucura sana , estou eu aqui visitando teus jardins para colher "flores" de conhecimento !!!

    Consegus escutar meus gritos de socorro ???

    Eis me aqui , malina, algoz de meus versos, aprisionados entre "dossiers" no meu pequeno reinado, chamado ... de chambre do entardecer !!!

    Mil sonetos a você !!!

    Leiliane Schmutz
    Lausanne (Suisse)

    ResponderExcluir
  42. Anônimo7:53 PM

    Decidi escrever um livre sobre toda minha vida ao longo desses 40 anos, sou uma iniciante e gostei muito de suas dicas, só não sei ainda como começar.me ajude.

    rose_epp@hotmail.com

    Boa Noite a você!

    ResponderExcluir
  43. Anônimo2:44 PM

    Eu quero escrever um livro e esses dois artigos me ajudaram muito obrigada por isso.

    Continue escrevendo textos assim os pequenos escritores agradecem muito.

    ResponderExcluir
  44. Ótimo texto! Obrigado!

    ResponderExcluir
  45. Anônimo6:33 PM

    Olá, adorei as dicas.... Desde muito tempo venho pensando em começar a escrever um livro, nunca que imaginei-me como uma escritora, mas a verdade é que o mundo das letras me fascina... Desde criança, adoro ler, amo histórias de ficção, crônicas... Amo de paixão as aulas de literatura que tenho no colégio, quando escrevo uma redação tenho muita facilidade, as ideias fluem naturalmente, sempre procuro me aperfeiçoar cada vez mais.
    Escrever um livro é um trabalho Arduo, requer muita prática...
    ainda como escritora de primeira viajem ^^

    obrigado, ajudou-me muito seu texto!
    bjs

    Liani L. Antonieto

    ResponderExcluir
  46. Para começar um Lvro eu devo botar sumario e tudo?
    me ajuda a criar meu livro por favor?

    ResponderExcluir
  47. O lá tenho uma paixao pela leitura o meu sonho sempre foi escrever um livro mas não sabia como tinha de começa agora já sei por tanto vou a luta e sei que vou chegar até onde pensei chegar estas dicas irão ajudar me.

    Bjs
    Kewlly Major

    ResponderExcluir
  48. no ano de 2010, li vários livros, provavelmente uns 30, e ainda pretendo chegar aos 50, antes de acabar o ano, vai ser dificíl, porque já é novembro. mais não me importo. adorei essas dicas, e já estou escrevendo o meu segundo livro. eu amo isso, apesar de ser um pouco dificíl, ainda com 17 anos de idade. recém descobri a ilimitação de minha mente e o conhecimeto que adquiri lendo tantos livros. eu tenho talento acredito! mas preciso aprender muito mais para dizer que estou pronto! se interessar em saber sobre meu livro, para edita-lo vou deixar meu telefone para contato.(047) 34425393. moro em são francisco santa catarina.peciso de ajuda

    ResponderExcluir
  49. Anônimo3:59 PM

    eu gostei, agora sim vou poder escrever um livro legal e olhe lá, so tenho 10 anos e estou muito espirada.

    ResponderExcluir
  50. Anônimo4:40 PM

    adorei o texto,agora já consigo escrever um texto,muito obrigada!

    ResponderExcluir
  51. Anônimo7:27 PM

    Realmente, suas dicas são claras e objetivas. E eu adorei isso, pois nos mostra que qualquer um pode ser um bom escritor, desde que ele busque mais conhecimento e o aplique em seu trabalho.
    Obrigada pelas dicas ;D

    ResponderExcluir
  52. Anônimo9:42 AM

    Olá, admiro muito este site por incentivar as pessoas como começar a escrever um livro próprio. Achei esse artigo super bacana! É mais um estímulo para a sociedade se desenvolver na literatura, e sabendo usufruí-la,levará a um aprendizado para a vida toda. É muito bom escrever, é realmente uma viagem quando você está totalmente entregue! Vale a pena entrar nesse mundo real...porém "virtual" né...por estimular tanto o cérebro acaba de certa forma te levando a uma profunda inesperada criatividade. É, de fato te alimenta muito o seu interior, e quando você compartilha deve ser mais prazeroso ainda mais! Bom, eu quero arriscar! beijos e boa leitura e escrita ! =)

    ResponderExcluir
  53. ferreira12:04 PM

    O ato de escrever é uma grande aventura sem fim. Uma arte como uma escultura a ser constantemente lapidada cada vez que o escritor tem em suas mãos papel e caneta. Ou a tela do computador. Mas, seja em quais meios forem há uma oportunidade valiosa de se trocar várias experiências de interação inigualáveis. E aproveito aqui para deixar como uma forma de divulgação um novo blog: www.contosdeumsedutor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  54. Eu estou tentando escrever um livro. Mas estou começando a escrever apenas rascunhos. Idéias que saem da minha cabeça e continuamente eu passo para o livro. Sempre estou com papel e caneta, escrevendo sempre que apareçe uma nova idéia ou objetivo. Não quero me arriscar muito. Estou lendo vários livros e tirando idéias de lá. Como deve ser o começo, o meio e o fim. Espero que tudo saia como planejei.
    Muito obrigado pela dica. ^^

    ResponderExcluir
  55. Anônimo1:13 PM

    Não ajudou muito... Gostaria de saber COMO começo a escrever. Aí falta a parte,como e em qualquer parte eu vejo isso. Ninguém mostra como fazer o "roteiro da história", a "árvore do roteiro", muito menos que tipo de lingaugem deve escrever. Eu já tenho conhecimento de que para escrever sobre algo deve ter 2 conhecimentos: um pró e um contra. E é óbvio que você só conhecerá se ler. Mas no meu caso, "ver" me ajuda mais com os textos do que só ler. Pois eu tenho problemas por não conseguir ler nada. Mas adoro escrever. Por tanto. Sem ler nada, apenas assistindo "coisas" como animès eu consegui fazer 40 histórias, sendo roteiro, e dois livros prontos para serem publicado. MAs eu fiz a "Estilo Anderson 5 estrelas."
    Em resumo. Não era o que eu procuro. Eu quero saber é COMO COMEÇAR A ESCREVER: TIPO DE FONTE, TIPO DA ESCRITA, ESSAS COISAS. NÃO A PREPARAÇÃO>. TEMPO PERDIDO...

    ResponderExcluir
  56. Júlio Dias7:46 PM

    Caro Anônimo, se você escreve só de ver animes e essas "coisas", nem precisa ler (!!!), e já produziu mais de 40 obras, você está pronto!

    Vá correndo até um editor e deixe que ele se preocupe com "TIPO DE FONTE, TIPO DA ESCRITA, ESSAS COISAS". É o que um editor faz.

    ResponderExcluir
  57. Anônimo2:24 PM

    Meu Deus, escrever é muito dificil!!!Quanto mais escrevo, quanto mais me aprofundo na historia que tenho em mente mais ela me parece ridicula e infantil.

    ResponderExcluir
  58. Nossa a matéria está perfeita, aguardo novas atualizações da Marcela.

    Beijos, Pri Viotto

    ResponderExcluir
  59. Escrevo muitas coisas e só uma amiga minha ler... nunca deixei mais ninguém ler. Mas ultimamente estou escrevendo algo que quero mostrar pro mundo LITERALMENTE. Espero que as pessoas gostem, e sua matéria me ajudou muito com certeza!

    ResponderExcluir
  60. Gostaria de parabeniza-la, adorei. Eu sou mocambicano e professor de Fisica e Matematica tendo muita deficuldade na escrita, mas estou acredite que tenho mais 100 textos poeticos e cronicas. agora tenho escrito algo relacionado com empreendedorismo juvenil. Ganhei mais forca para continuar.

    ResponderExcluir
  61. eu tambem gosto de escrever, e estou terminando o meu livro e vou produzilo se eu puder ajudar e so me escrever seuriusa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  62. Anônimo6:52 PM

    Gosto de escrever, minhas frases são comoventes, até então estão guardadas, espero um dia passar a maneira que vejo o mundo as pessoas, sou artista plástico é difício viver disso, tenho outro emprego, mais uma voz bem de longe já me falou, ALan Maycon tu veio ao mundo para ser diferenciado, tu ainda vai ter uma grande oportunidade é só melhorar seu português e, acreditar no seu talento.Sou nordestino com muito orgulho somos brasileiros como qualquer outros, espero um dia o respeito daqueles que acham que são superiores, por morar em um lugar onde acreditam ser o melhor lugar do Brasil, adimiro as pessoas que são de outras regiões e gostam da nossa cultura, afinal de conta somo gente de uma mesma nação.

    ResponderExcluir
  63. Anônimo7:47 PM

    Olá! AROREI SUA ESPLICAÇÃO. EU ESCREVO FICÇÃO, E ESTOU PRODUZINDO UMA SÉRIE, ESPERO QUE QUANDO EU LANÇAR, A MAIORIA DAS PESSOAS GOSTEM E QUE VOCÊ COMENTE SOBRE MEUS LIVROS. OBRIGADO!

    ResponderExcluir
  64. Ótima matéria.

    Se me permite, deixarei uma matéria bem interessante.

    A Dica definitiva para ser Escritor
    -------------------------------------------
    http://vincent-law.blogspot.com/2011/05/dica-definitiva-para-ser-escritor.html

    ResponderExcluir
  65. Vanessa Mesquita.9:40 AM

    ☼Parabéns pelo artigo.Também escrevo a história está bem concreta com minhas idéias acredito que futuramente quem sabe possa publicá-lo.
    Estou muito confiante,isso é bom pra todos aqueles que pretendem publicar seus livros.Sorte ☼

    ResponderExcluir
  66. Anônimo4:14 AM

    Parabéns! Mas onde está a parte 3 com as técnicas? :)

    ResponderExcluir
  67. Pela segunda vez leio esta matéria, excelente fonte de motivação e orientação. Parabens.

    ResponderExcluir
  68. Já li varias dicas de como escrever, mas esta matéria resumiu de forma simples o que eu precisava ouvir. muito obrigado agora vou escrever meu primeiro livro!

    ResponderExcluir
  69. Amei o post. Já comecei mais de 10 histórias para livros, meu problema é continuar, me focar... Sempre tenho novas idéias e acabo mudando bastante as coisas que eu já escrevi, e acabo começando outra história...

    ResponderExcluir
  70. Eu escrevo, você lê.
    Eu escrevo. Você lê.
    Eu, escrevo. Você, lê.
    Eu? Escrevo. Você? Lê.
    Eu escrevo? Você lê?
    Uma pequena brincadeira que pode ir além da escrita e da leitura, mais não vai dar...ou seria "mas não vai dar". Que dúvida! Nunca sei onde entra o mais e o mas, mas é que eu não consigo escrever como falo...ih! Consegui...empreguei o "mas" corretamente, mais às vezes eu deslizo...hmm! Errei de novo...Mas a gente é assim mesmo...errando e acertando, vamos falando como dá...ou como sabemos. Ou vamos escrevendo como dá...ou como falamos.

    ResponderExcluir
  71. A folha branca não pára de encarar-me.
    Parece dizer algo, mas dela as palavras não saem facilmente, pois precisaria escrevê-las.
    Já que não pode escrever, ela simplesmente se limita a mostrar-me seu olhar. Branco. Espaçoso. Macio. Suave.
    Sinto que devo enchê-la de algo, logo. Espaços vazios não são esperados numa folha branca. Ela foi feita para receber palavras, expressões, impressões, conceitos e conselhos, mesmo inúteis.
    A espera é longa, mas fagulhas de textos já se fazem presentes. Os espaços estão diminuindo, na medida em que o olhar da folha branca muda de cor e vai se tornando aos poucos arlequim. Um contraste perfeito. Um preto no branco sem igual.
    Agora sim, a folha branca já me diz algo, claro e conciso. Devo parar por aqui. Seu olhar agora não é mais o mesmo. Os espaços sumiram. As palavras tomaram conta de tudo.
    A folha agora não é branca. Não é mais macia e muito menos suave...acabou.

    ResponderExcluir