Banners

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Dicas de Desenho da Quanta - Estrutura de Desenho I

Buenas! Pense rápido! Hoje, quarta-feira, praticamente meio da semana... E se você anda meio desanimado, com algum tipo de trava para desenhar ou até desenvolver algum exercício de aula... Seus problemas acabam de acabar!

Pois hoje estréia: Dicas de Desenho da Quanta!

Levando bem ao pé da letra, a partir de hoje, pelo menos uma quarta-feira de cada mês, será recheada com “pérolas de sabedoria desenhistica” ou espécies de dicas rápidas e toques sobre DESENHO, ILUSTRAÇÃO e HQS, produzidas por diversos professores e artistas ligados à Quanta.

Então caro leitor, agora não tem mais desculpas... Basta seguir o bom e velho conselho e “DESENHAR, DESENHAR e DESENHAR”!

Faça bom proveito!

ESTRUTURA DE DESENHO- PARTE I

Estamos iniciando uma série de dicas de desenho da Quanta. Estes toques não são aulas... Desenhar confiando apenas em algo que se está lendo não é lá muito aconselhável. Você pode cometer enganos em anatomia, perspectiva, luz e sombra, e não conseguir perceber onde está este erro. Nada substitui o olho treinado de um profissional de desenho, pintura, ilustração ou quadrinhos chamando sua atenção para equívocos que você possa cometer.

Escolhemos os Super-Heróis como tema para esta primeira seqüência de dicas sobre desenho porque consideramos este um excelente gênero para exercitar vários dos fundamentos do desenho, por conta da dinâmica de movimento, do abuso de recursos de perspectivas radicais e outros pontos encontrados neste estilo de narrativa.

Quando estamos aprendendo a desenhar, costumamos desenvolver certos vícios difíceis de serem abandonados mais tarde. Essas manias prejudicam muito o entendimento amplo da anatomia, como começar a desenhar um rosto por um dos olhos, com todos os detalhes (cílios, brilho e efeitos de hachura, por exemplo) sem nem ao menos termos construído o rosto. A impaciência nunca ajuda. O ideal é sempre fazer um esboço prévio, que chamamos de estrutura.

O processo de estruturação começa com a criação de um esboço esquemático do corpo, ou de qualquer parte específica do corpo que se deseja desenhar. Aqui, o importante é estabelecer apenas um esboço para três dos principais elementos da anatomia humana: 1 – proporção; 2 – postura; 3 – dinâmica de movimento. Despreocupe-se de detalhes na figura, pense apenas no movimento do personagem, em sua expressividade e postura.





Estes três elementos citados anteriormente devem obedecer às características físicas originais do personagem com que você está trabalhando. Os super-heróis, por exemplo, são sempre retratados como pessoas anatomicamente perfeitas. Mas esta perfeição não passa de uma idealização; os super-heróis são figuras míticas... E sua construção e proporção física não existem na realidade.

Depois do esqueleto básico, construímos um boneco de palitos. Ele representa uma base mais rígida para a estruturação das proporções do personagem. Isto é, se o braço é comprido ou curto, se as pernas são longas ou não, o tamanho do tórax, da cabeça em relação ao tronco, etc. Lembre-se de que cada pessoa é diferente da outra, e assim deve ser no universo onde você cria seus personagens.




Só em uma etapa posterior é que este boneco será recheado com massas mais definidoras dos volumes do corpo.





Observe outros exemplos desta forma de estruturação:






ARTES DESSE DROPS: AMILCAR PINNA (http://www.amilcar-pinna.blogspot.com/)

Conheça nosso Curso de Desenho.

Dicas de Desenho da Quanta - Estrutura de desenho II

Dicas de Desenho da Quanta - Estrututura de Desenho III - Desenhando o Hulk

Dicas de Desenho da Quanta - Estrutura de Desenho IV

Dicas de Desenho da Quanta - Estrutura do desenho Parte V

Dicas de Desenho da Quanta - Estrutura do desenho Parte VI

TAINAN ROCHA

7 comentários:

  1. Grazziano4:15 PM

    Muito legal esse post. Pelo menos pra mim que tô no começo ajuda bastante ver os desenhos de estrutura de desenhistas com mais experiência.

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei desse post, porque eu comecei a incorporar esta aula na minha prática de desenho e obtive resultados otimos. Antes eu estava preocupado em chegar ao desenho finalizado já de princípio, ai desistia, pois é muito dificil.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo5:39 PM

    legal aeeee

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10:17 AM

    aMEI MECHMO O "CuRsO" VLW *.*

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da matéria, apesar de mim não ser um iniciante na área. Sou autodidata mas progredi do meu jeito, o que hoje não me agrada mais! Não sei usar as técnicas adequadamente e preciso buscar muitas. A ESTRUTURAÇÃO é meio novidade pra mim, pois não sei usar isto direito.
    Não li toda a matéria ainda. Por enquanto gostaria de saber muito (se puderem responder claro):
    - a estruturação é o "esqueleto" do desenho, feito previamente?
    - a estruturação é a melhor forma de começar um desenho (figura do personagem)?
    - é pela estruturação que se determina as medidas (proporção) e pose (postura) dos personagens?
    - o clássico "manequim" é um tipo de estruturação do desenho?

    O meu problema é que o meu desenho quando faço não é garantido, não consigo prevê-lo com precisão.

    AGRADEÇO MUITO PELA CONTRIBUIÇÃO DO SITE!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo8:20 PM

    sou David e sou professor de desenho,
    gostei muito das lições e dicas.
    gostaria de saber se eu posso usar essas informações para lecionar.

    ResponderExcluir