Banners

terça-feira, 25 de março de 2008

TERCEIRO ÁLBUM DO QUEBRA-QUEIXO EM PRODUÇÃO!

Pois é... Estamos na reta final da produção de um terceiro álbum do personagem QUEBRA-QUEIXO na série TECHNORAMA!
Como das outras vezes, álbum deverá ser lançado ainda este ano pela DEVIR EDITORA, e apresenta os trabalhos dos artistas:

OCTAVIO CARIELLO
DAVI CALIL
RONALDO BARATA
ARTUR FUJITA
RAFAEL DE OLIVEIRA
AMILCAR PINNA
ALEXANDER SANTOS
FABRÍCIO CUPPARI
FERNANDO CINTRA
SERGIO CODESPOTI
FLÁVIO LUIZ
ANDRÉ VALENTE
EDUARDO FERIGATO
MARCELO CAMPOS
NUNO DUARTE
PEDRO POTIER
JEFFERSON COSTA
TAINAN ROCHA
MARCELO BRÜCKE CARIBÉ
FATI GOMES


Novamente o álbum trará, além de histórias do maior herói da FORÇA ZERO, aventuras com outros personagens deste universo... Vejam uma prévia!

As imagens a seguir são de AMILCAR PINNA com arte-final de ALEXANDER SANTOS, RONALDO BARATA e FLAVIO LUIZ. Os roteiros dessas histórias foram respectivamente de: RAFAEL DE OLIVEIRA, RONALDO BARATA e SERGIO CODESPOTI.

Arte de Amilcar Pinna e Alexander Santos

Arte de Ronaldo Barata

Arte de Flávio Luiz



RAFAEL DE OLIVEIRA
Mais conhecido como CALÇA1 - Substantivo. Peça externa do vestuário que parte da cintura e, contornando o corpo, se fecha no centro junto às virilhas, dividindo-se em duas partes que irão contornar e cobrir separadamente as pernas, descendo, por via de regra, até os tornozelos.2 - preposição cognitiva. Apelido do roteirista de quadrinhos Rafael de Oliveira, que planeja dominar o mundo com arte sequencial a fim de contornar o corpo de mulheres de cabelo aloirado e fartos seios, galgando-as desde os tornozelos, passando para as pernas, nádegas e mamas, dividindo este trabalho por blocos de tempo útil - 15 minutos - fechando o expediente, por via de regra, junto às virilhas.3 - Gíria. "Meu, muito calça você dizer isso!", "Meu, que calça é essa?", "Calça!".

AMILCAR PINNA
Nascido em 1979 em Ilhabela, litoral norte de São Paulo, Amilcar Pinna desenvolveu seu gosto por desenho muito cedo. Quando bem pequeno, seu pai desenhou uma moto em seu caderno. Fascinado com aquilo, rapidamente copiou a moto e acrescentou carros e aviões às páginas.
Cresceu assistindo muito Jaspion, Changeman, Jiraya e todas essas tranqueiras que vêm de lá do outro lado do mundo. A vontade de desenhar histórias em quadrinhos de uma maneira um pouco mais decente veio com a leitura de Hqs como Homem-Aranha e X- Men. Achava que Todd McFarlane era o rei dos quadrinhos (ele realmente acreditava nisso). Mas foi quando assistiu Akira pela primeira vez que decidiu que tinha que estudar desenho de maneira bem mais aprofundada.Em 1999 veio para São Paulo fazer curso de desenho na antiga Fábrica de Quadrinhos. Estudou com Edde Wagner, o que foi muito bom para um caiçara que acreditava saber desenhar. Mais tarde, veio estudar na Quanta Academia de Artes e acabou trabalhando como gibitecário. Fez o curso do Roger Cruz de anatomia, Photoshop com Artur Fujita, histórias em quadrinhos com Eduardo Ferrara, curso especializado em super-heróis Art&Comics com Renato Guedes e Ateliê com Davi Calil.
Fez trabalhos para publicidade, ilustrou livros e revistas de passatempo e quadrinhos para o Sítio do Pica-pau amarelo. Foi também um dos desenhistas do site Humortadela. Para o exterior trabalhou para a Dark Horse, AK Comics, Práxis e DC Comics.

ALEXANDER SANTOS
Apesar de ter participado de concursos e feito testes, foisomente em 1997, aos 27 anos, quando assumi a elaboração de um suplementoinfanto-juvenil, que minha carreira realmente começou. De lá para cáilustrei livros didáticos e para-didáticos para editoras como FTD e Ed. doBrasil, Fisk, apostilas e outras mídias. Para revistas, há mais de 6 anossou um dos ilustradores da revista Recreio da Ed. Abril, e maisrecentemente, me tornei um dos colaboradores da Editora Lua, na linha derevistas para o ensino fundamental.

RONALDO BARATA
Paulistano da gema, nascido e criado na Mooca (pertinho do Juventus) nos idos de 1979, o ano internacional da criança, Ronaldo Barata começou a estudar desenho desde cedo.
Com 10 anos de idade começou o seu primeiro curso de desenho artístico e daí não parou mais. Formou-se técnico em Desenho de Comunicação pela ETE José Rocha Mendes e habilitou-se programador visual, pelo curso de Programação Visual Gráfica das Editoras Salesianas Dom Bosco, além web designer pelas escolas Senai e Senac. Ingressou numa das primeiras turmas da Fábrica de Quadrinhos (atual Quanta Academia de Artes) onde cursou os três anos de Histórias em Quadrinhos.
Começou a trabalhar em agências de publicidade aos 18 anos realizando trabalhos de layout, criação de peças publicitárias, logotipos, ilustrações e criação de mascotes, editoração eletrônica e web design. Ficou neste ramo por quase quatro anos. Foi então que começou a lecionar, o que faz até hoje.
Atua como ilustrador, tendo feito trabalhos para livros didáticos, paradidáticos e de RPG, revistas e sites.Como exemplos de seu trabalho podemos citar os livos Hi Brazil, Anime RPG e Anime RPG - Japão Feudal, Busca por Sangue, Grimório, Vampiros Mitológicos, Anjos: A Cidade de Prata, Demônios: A Divina Comédia, Guia de Classes de Prestígio, Jyhad: Guerra Santa, Tormenta, Arcádia Heros Delictum e Daemon Supers, todos da editora Daemon, além das capas da coleção Meu Livro de Pesquisas e da coleção Eu Sei! (Edições Castor).
Em revistas já trabalhou com a D20 Saga (editora Mantícora), Dragão Brasil (editora Talismã), Galileu Giga (editora Globo) e O2 (editora Esfera).
Como Web Designer seu trabalho pode ser visto no próprio site da Quanta, Quantoon, nos sites dos ilustradores Eduardo Schaal e Marcelo Campos, no site do estúdio Qualidade em Quadrinhos, no estúdio Yes Cabrita e em seu próprio site. Atua como programador para o site de notícias Universo HQ.
No ano de 2004 tornou-se o diretor da Unidade II da Quanta, situada na Mooca.

SERGIO CODESPOTI
Codespoti é um mamífero bípede de 34 anos, do sexo masculino, cujos testes de carbono catorze confirmam seu nascimento no ano de 1968. Natural da cidade de São Paulo, este ser onívoro viciado em Tic-tacs, se formou em Comunicação Visual e Desenho Industrial pela FAAP. Sua paixão desenfreada por quadrinhos o colocou na trilha da arte seqüencial logo cedo, tendo prestado serviços (tradução, letreramento, produção de sites, ilustrações e capas) para as editoras: Abril, Globo, Brainstore, Conrad, Via Lettera, Pandora Books, Metal pesado, TEQ, Atitude, Vidente e Devir.Foi colunista da revista Wizard e colabora ocasionalmente com a revista Herói.com. Criou em 1997, com a equipe da extinta Wizard, o site AREA-51, premiado com o HQMix de 1998 de melhor site sobre quadrinhos. Em 2000 assumiu o site Universo HQ (juntamente com mais três sócios), e foi vencedor do HQMix de melhor site sobre quadrinhos nos anos de 2000 a 2004. Atualmente, além de se empanturrar de chocolates, trabalha como tradutor e designer freelancer, e leciona sobre a produção de roteiros para HQ na Quanta Academia de Artes. Para enviar um e-mail para ele, use o endereço codes@codespoti.com.

FLAVIO LUIZ
Flávio é autor das tiras Rota 66 e Jab, um lutador, publicadas de 2000 a 2003 no jornal Correio da Bahia e das revistas Jayne Mastodonte adv #1 e #2 (HQMIX-99 –MELHOR REVISTA INDEPENDENTE para a edição #1 TROFÉU ALFAIATARIA –MELHOR REVISTA INDEPENDENTE 2007 para Jayne Mastodonte # 2) e Aú,O Capoeirista (publicação inédita, prevista para o final de 2007). Co-autor com Gonçalo Júnior de “O Messias”, Graphic Novel lançada em 2006 pela Ópera Gráfica.
Tem trabalhos seus fazendo parte dos acervos do Museu of Cartoon Art - Boca Raton, Flórida, Gibiteca do Henfil, SP, Word & Pictures Museum, Massashussets EUA . E dos livros, “Uma História do Brasil através da Caricatura”, “A História do futebol no Brasil através do Cartum”, “O que é o Brasil” - Senac-SP 2005, entre outros.
Colaborou com as revistas Bundas e Pasquim 21 entre outras, realiza trabalhos como caricaturista em eventos. Recentemente passou a colaborar com o site http://www.oaranha.com.br/ na função de chargista e com a revista Metrópole como caricaturista e chargista.É formado em ADM de Empresas (Ufba,1992) mas não sabe onde foi parar o diploma,sendo que aceita troca-lo,quando achar, por qualquer edição da revista Gabola... visite http://www.flavioluizcartum.fotoblog.uol.com.br/

Na semana que vem, nosso BLOG publica novas páginas de outros artistas que participam deste terceiro álbum QUEBRA-QUEIXO TECHNORAMA.

MARCELO CAMPOS
DIRETOR GERAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário