Banners

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Quanta no Itamaraty


Eu e ROGER CRUZ fomos convidados para participar de uma exposição no Palácio Itamaraty, em Brasília. A exposição foi organizada pela Fundação Armando Álvares PenteadoFAAP. A baixo o release do evento.

A abertura é apenas para convidados, necessitando a apresentação de convites.

FAAP

DESIGN BRASILEIRO EM DESTAQUE NO CENÁRIO INTERNACIONAL

A sede do Ministério das Relações Exteriores, em Brasília, será palco da nova exposição da Fundação Armando Alvares Penteado. A mostra reúne os mais diversos tipos de objetos comercializados no mercado internacional,
num tributo ao design brasileiro.

A riqueza dos traços característicos da identidade brasileira e seu destaque no mercado mundial do design é o tema da mais recente exposição que a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) realiza na Capital Federal. “Design Brasileiro: Uma mudança do Olhar” estará em exposição no Palácio do Itamaraty a partir do dia 03 de outubro, exibindo a abundância de detalhes e estilos de objetos que revelam o talento de designers nacionais e o reconhecimento de seu trabalho no resto do mundo.

Com pouco mais de 50 peças, a mostra remete ao trabalho de centenas de designers brasileiros que contribuem para a difusão internacional do setor. “A exposição fala sobre a cultura brasileira em geral, revelando tanto os objetos de forte apelo plástico, quanto os produtos de elevada complexidade técnica”, define o curador da mostra, Prof. Fábio Righetto, que coordena o curso de Design da Fundação.

Na opinião do curador, o designer atua entre o que existe e o que está por vir, definindo em nosso cotidiano uma nova realidade, e o discurso projetual contido nesses objetos nada mais é que um registro de como vivemos.

A exposição foi dividida em seis grandes áreas, que representam a vida humana: Abrigar, Informar, Guardar, Vestir, Locomover e Sonhar. O acervo dessas áreas é composto por objetos e imagens que fazem parte do cotidiano, como automóveis, saboneteiras, refrigeradores, luminárias, quadrinhos, filmes, infográficos, jóias e celulares.

A seção ‘Abrigar’ mostra o universo material que envolve o ser humano, que o abriga e reconforta. É composta, basicamente, por objetos de design que melhoram a relação do homem com o ambiente e oferecem a sensação de aconchego.

A seção ‘Vestir’ apresenta a ‘segunda pele’, o elemento artificial que separa o homem do ambiente, oferecendo conforto térmico e códigos visuais que identificam, informam, integram e seduzem.

Em ‘Guardar’, os visitantes poderão conferir o universo das embalagens que, além de proteger valores, distinguem elementos, preservam características, instruem o usuário e facilitam o acesso ao conteúdo.

Informar’ mostra a manipulação da imagem em harmonia com o conteúdo, revelando os detalhes do design gráfico.

Os produtos que oferecem mobilidade serão expostos em ‘Locomover’, que revela os veículos utilizados para satisfazer o instinto explorador do homem, conferindo identidade pessoal na vida em sociedade. ‘Sonhar’ apresenta seqüências de imagens em movimento, vídeos que geram a realidade artificial, proporcionando ao observador a capacidade de sentir sem vivenciar.

Acessibilidade colorida

A cenografia é diferenciada e tem por objetivo representar o cotidiano das pessoas. Por isso é toda branca, impactada pelo colorido dos objetos, mostrando que eles dão vida e cor à realidade. “Os objetos de design são materializações das necessidades e dos sonhos de nosso tempo. São esses objetos que promovem mudanças, transformações em nossos costumes por meio da maneira que os utilizamos”, comenta o curador.

Todos os ambientes da exposição são vazados, dando a idéia de acessibilidade ao público, já que a mostra apresenta objetos do cotidiano das pessoas, vistos sob um novo olhar. Fábio Righetto lembra que a idéia da mostra é aproximar o design dos cidadãos, mostrando que ele faz parte do dia-dia de todos e que o trabalho desenvolvido pelos designers brasileiros é muito valorizado no exterior.

Distribuída num espaço de 600 metros quadrados, a exposição exibe peças como o automóvel Bentley - marca inglesa de luxo que tem como chefe de design exterior o brasileiro Raul Pires; as saboneteiras feitas pela marca Natura que são comercializadas na França; uma banheira hi-tech totalmente programável à distância via celular; alguns dos melhores infográficos usados em revistas e premiados no mundo inteiro; e o refrigerador Whirpool, comercializado na Alemanha e criado por um brasileiro.

“Trata-se de uma forma de apresentarmos a habilidosa e variada maneira que o designer brasileiro tem de lidar com os materiais, explorar o uso das cores, fundir arte, tecnologia, arquitetura e engenharia, criando as mais diferentes formas para nosso uso cotidiano. Com toda certeza, esta exposição irá provocar uma mudança no olhar de cada visitante, despertando seu orgulho de ser brasileiro”, conclui Celita Procopio de Carvalho, presidente do Conselho de Curadores da FAAP.

A inauguração da exposição “Design Brasileiro: Uma mudança do Olhar” será no próximo dia 03/10 (quarta-feira), a partir das 18h00, no Palácio do Itamaraty.

Abertura à Visitação do Público
Período: 04/10 a 03/11/2007
Horários: Segunda a sexta-feira – 10h00 às 19h00
Sábados, Domingos e Feriados – 10h00 às 17h30
Local: Palácio do Itamaraty
Endereço: Esplanada dos Ministérios – Bloco H

Entrada Gratuita


MARCELO CAMPOS
DIRETOR

4 comentários:

  1. Legal Marcelo! Parabéns!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Boa sorte ao Marcelo e ao Roger!! Pelo jeito vai ser bem legal por lá.

    Tam alguma chance dessa exposição vir até São Paulo?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. marcelo campos4:41 PM

    J. Sena,

    cara, eu não sei exatamente, mas como é um lance ligado à FAAP, é provável que eles tragama pra cá...

    ResponderExcluir
  4. Danilo Beyruth6:20 PM

    Parabéns Marcelo!!!

    ResponderExcluir